Destaques, Notícias, Prevenção

Sete sinais que indicam alterações da próstata

publicado em 24 de novembro de 2016

O aumento do tamanho da próstata – chamado de hiperplasia benigna – tem início durante a quarta década de vida e pode acometer até 80% dos homens com 50 anos ou mais, segundo dados da Sociedade Brasileira de Urologia. Essa alteração faz parte do processo natural de envelhecimento humano, mas alguns homens podem ter complicações se a próstata começa a pressionar a uretra, canal responsável por excretar a urina, gerando problemas durante a micção.

Quando esse crescimento exagerado não é tratado, a bexiga precisa fazer uma força maior do que está acostumada para expulsar a urina. “Com o tempo, podem surgir divertículos, ou seja, pequenas alterações no tecido epitelial da bexiga que podem causar dor e problemas urinários e ainda dificultar o funcionamento dos rins”, explica Alfredo Canalini, presidente da Sociedade Brasileira de Urologia- RJ. O Portal Minha Vida pediu a especialistas uma lista com os sinais que indicam que a saúde da sua próstata pode estar alterada. Fique atento a esses sintomas.

1-Urgência para urinar

Se a uretra ficar muito pressionada pela próstata, a bexiga – um órgão composto em sua maior parte por músculo – precisará fazer uma força maior para eliminar a urina. “Como resultado, ela acaba ficando hipertrofiada e, com isso, a chance de haver contrações involuntárias, que causam uma vontade intensa de urinar, é maior”, explica Canalini.

2-Infecção urinária

“O aumento da próstata pode deixar uma boa quantidade de urina represada na bexiga, tornando-a o ambiente ideal para a proliferação de bactérias”, explica o urologista Ricardo. Essa urina residual pode gerar infecção urinária quando atinge o volume de 100 ml.

3-Jato fraco

No início, a bexiga até consegue vencer a resistência sem maiores problemas, mas, depois de fazer tanto esforço, ela perde a força e o jato de urina passa a ser fraco. “Em estágios mais avançados, alguns homens sentem que precisam até fazer força com a parte inferior da barriga para eliminar o xixi”, conta o urologista Alfredo Canalini.

4-Dificuldade em começar a urinar

Um dos principais sintomas de alterações na próstata é a dificuldade de iniciar a micção. “Isso acontece porque a musculatura da bexiga está muito cansada de se esforçar para vencer a obstrução da uretra”, explica o urologista Ricardo Felts de la Roca, da Sociedade Brasileira de Urologia. Fique atento a esse sinal, que já indica obstrução avançada.

5-Gotejamento

Se após a micção pingarem muitas gotas de urina, manchando a roupa íntima, pode ser mais um sinal de hiperplasia da próstata. “O gotejamento é um reflexo da dificuldade em esvaziar rapidamente a bexiga”, explica Ricardo Felts. Como a bexiga não consegue eliminar toda a urina, acaba ficando um resquício na uretra, que é eliminado aos poucos.

6-Fazer xixi várias vezes durante a noite

Se você levanta para urinar várias vezes durante a noite, é bom consultar um profissional. “Quando sobra um volume considerável de urina na bexiga, essa quantidade, somada ao volume que fica na uretra, faz com que a parte sensorial da bexiga se manifeste com contrações que levam o homem a levantar para urinar”, explica o urologista Ricardo Felts. Essa necessidade de urinar toda hora pode gerar cansaço no dia seguinte.

7-Diminuição do esperma

O aumento da próstata pode alterar a quantidade do esperma ejaculado. “Isso acontece porque a próstata mais volumosa apresenta fibrose com maior frequência”, explica Ricardo Felts. “O tecido com fibrose será incapaz de produzir o esperma como antes, diminuindo a quantidade de sêmen.” Outro fator que também influencia essa redução do esperma é a menor liberação de hormônios masculinos, processo que faz parte do envelhecimento normal.

Fonte: Portal Minha Vida