Destaques, Notícias

Projeto da APOR reúne mais de 80 parceiros do agronegócio

publicado em 9 de novembro de 2018

Na próxima segunda feira (12) o projeto Plantando Esperança da APOR, Associação de Pacientes Oncológicos de Rondonópolis, faz o lançamento oficial do plantio da safra 2019. Uma iniciativa voluntária em conjunto com produtores e empresas do setor, em prol da construção do Centro de Imagens maior da entidade, orçado em R$ 23 milhões de reais.

Esta já é a fase dois do projeto e contou com a adesão de 89 parceiros, entre representantes do setor e doares de área. A sistemática é simples, os produtores doam a produtividade de um percentual de terra que já cultivavam. Enquanto as empresas do setor forneceram os insumos necessários para o plantio e trato da lavoura.

No primeiro ano, em 2017, eles conseguiram somar 237 hectares de soja, que renderam uma doação de R$ 813.387,00 mil, com a participação de 18 produtores e 38 empresas do setor. A meta para esse ano era dobrar o valor arrecadado na primeira safra; aumentar a área de plantio e consequentemente, o total de parceiros do projeto, segundo explica um dos voluntários envolvidos, Miguel Werber. “Colocamos um desafio difícil para o grupo: dobrar os resultados. Juntar mais parceiros para plantar mais e assim, colher mais resultados. Mas isso só serviu de motivação”, disse.

Cerca de 50 pessoas estão envolvidas no projeto. O trabalho foi intenso desde a colheita da primeira safra e conseguir o desafio de plantar 400ha de área. Para facilitar a busca por novos parceiros, o grupo montou quatro linhas de trabalho e cada equipe ficou responsável pela busca de mais parceiros. A apresentação dos resultados de todo esse trabalho acontece nessa segunda (12), no centro de eventos da Fundação Mato Grosso, a partir das 19:30 horas, na presença de todos os envolvidos.