Destaques, Notícias

Cai o número de mortes por câncer do colo de útero no Brasil

publicado em 28 de novembro de 2012

O Instituto Nacional de Câncer divulgou nesta terça (27) um mapa da incidência de casos no Brasil. A pesquisa foi feita em 22 cidades.

O estudo traz algumas boas notícias. Uma delas é a redução no número de casos de câncer do colo de útero na maioria das capitais pesquisadas.

Curitiba apresentou a principal queda, seguida por São Paulo, Palmas e Salvador.

A redução do câncer de colo de útero, nós temos certeza que tem relação ao acesso das mulheres aos exames preventivos”, disse do Luiz Antonio Santini, diretor-geral do Inca.

Essa é a primeira vez que o Inca faz um mapa do câncer no Brasil, usando as taxas de incidência e mortalidade dos principais tipos da doença no país. A pesquisa reuniu dados dos últimos 12 anos.

Entre os homens, diminuíram os números de casos de câncer de pulmão, em São Paulo, Salvador e Curitiba. Mas houve aumento, entre as mulheres, em todas as cidades pesquisadas.

A explicação? Elas começaram a fumar depois que os homens. E agora, os casos estão aparecendo mais.

Sobre o câncer de mama, sete das dez capitais que fizeram parte do estudo registraram crescimento nos casos.

“Em torno de 50 mil novos casos por ano, com uma tendência a aumentar. Na medida em que a população envelhece, um maior número de pessoas entra na faixa de risco do câncer de mama e aí ele vai aparecer com maior frequência”, afirmou Luiz Antonio Santini.

Claudia Maria passou por uma cirurgia para retirada de um tumor na mama direita no ano passado, e faz acompanhamento médico a cada quatro meses. A estatística divulgada nesta terça pelo Inca está a favor dela. A sobrevida estimada para pacientes de câncer de mama está em torno de 80%.

“Na hora que eu soube da noticia, foi um desespero. Fiz nove quimioterapias, que não foi fácil, e graças a Deus eu estou aqui”, revelou Cláudia Bezerra, aposentada.

Fonte: G1