Destaques, Notícias

Unicamp comprova ação preventiva da jabuticaba contra 2 tipos de câncer

publicado em 2 de abril de 2013

jabuticaba

Um estudo realizado por pesquisadores da Unicamp, em Campinas (SP), comprovou a eficácia da jabuticaba na prevenção do câncer de próstata e da leucemia. Segundo o pesquisador da Faculdade de Engenharia de Alimentos Mário Roberto Maróstica Junior, alguns compostos presentes na casca da fruta reduzem em até 50% a produção de células cancerígenas.

O professor explica que os chamados compostos fenólicos, que dão a tonalidade escura à fruta, atuam diretamente em duas etapas do desenvolvimento de células do câncer. A propriedade antioxidante da jabuticaba combate os radicais livres responsáveis pela primeira etapa da multiplicação das células.

jabuticaba620x465

Na segunda fase, a fruta inibe a ação de enzimas responsáveis pelo surgimento da célula cancerígena. “Com isso, a jabuticaba pode ser potente nas duas fases importantes do desenvolvimento do câncer”, explica o professor.

As descobertas da pesquisa que se estendeu durante cinco anos ganharam repercussão internacional com as publicações no British Journal of Nutrition e o canadense Food Reserch Internacional, duas das revistas científicas mais respeitadas do mundo.
Com as conclusões dessa primeira etapa do estudo, o grupo de pesquisa planeja um segundo passo no qual pretende realizar testes com a ingestão do extrato da casca da jabuticaba usado em roedores com câncer. “O próximo passo é estudar o efeito da alimentação com casca de jabuticaba nesses modelos animais com câncer”, disse Maróstica Júnior. A próxima etapa deve iniciar ainda este ano e a previsão é de que se estenda por pelo menos mais 12 meses.

Outras propriedades
Outra parte da pesquisa envolveu ratos obesos, onde a farinha da casca de jabuticaba virou ração. Os resultados mostraram que o consumo diário pode ter efeito na prevenção de doenças como o diabetes tipo 2. “A casca oferecida durante 30 dias aos animais provou ser eficaz na redução de 10% de glicemia e na redução do colesterol sanguíneo”, explicar o professor.
Baseados nestas descobertas, os pesquisadores elaboraram uma receita de saúde: dez unidades de jabuticaba consumidas por dia, com a casca, aliadas a uma alimentação saudável e prática de exercícios físicos, seriam suficientes para auxiliar na prevenção de doenças. “A mensagem desta pesquisa é alertar as pessoas sobre como uma alimentação rica em frutas pode contribuir para prevenir doenças degenerativas”, resume o pesquisador.

Fonte: G1