Destaques, Notícias

Sol bronzeia e causa câncer de pele

publicado em 27 de dezembro de 2012

solÉ verão!

Milhares de pessoas são atraídas pelo banho de mar, piscina e as mulheres gostam mesmo é de se bronzear. Com tantas possibilidades para curtir a estação mais quente do ano, a preocupação e os cuidados que se deve ter com a exposição ao sol muitas vezes são esquecidos.

A curto prazo, a falta de cuidados pode trazer consequências dolorosas e incômodas, como as queimaduras solares, formação de bolhas, manchas vermelhas, dor de cabeça e até febre, o que caracteriza uma insolação.
O tratamento é à base de muita água, roupas leves e hidratantes corporais.

Além da insolação, a exposição excessiva e descuidada ao sol pode trazer consequências ainda mais graves.
Mesmo com tantas informações e orientações sobre os cuidados que se deve ter, o câncer de pele é o tipo mais incidente no Brasil. A estimativa mais recente no país são de mais de 120 mil casos, só no ano de 2008.

“O brasileiro não foi educado para se proteger da luz solar”, é o que afirma a dermatologista Valéria Campos, especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia. Ela fala sobre a importância do uso do filtro solar e destaca os cuidados que são necessários para manter a pele saudável.